quinta-feira, 15 de setembro de 2005

Turkish Airlines veio para ficar!

- afirma José Vassalo, o director da companhia para Portugal

A Turkish Airlines estabeleceu-se recentemente em Portugal. Mais concretamente em Fevereiro deste ano. O culminar de um sonho que já se arrastava há uns 10 anos.

A companhia aérea está sedeada na Av. Fontes Pereira de Melo, nº 35-4º-H (o telefone é o 210 078 800 , sendo o fax o 210 078 809. O e-mail é: turkishairlines@anatolia.pt) e tem José Vassalo – ex- Swiss e ex-Swissair – seu como representante legal para Portugal. Um profissional ligado ao sector da aviação comercial desde 1978.

A Turkish tem neste momento três voos à partida de Lisboa para Istambul – às terças e quintas-feiras e aos domingos, sempre com saídas às 14h10 -, operando com um B.737-800 ou com o Airbus 320-200. Um voo que demora cerca de 4,5 horas.

- O nosso B.737-800 tem uma configuração de 159 lugares, sendo 12 em Business e 147 em Económica, diz José Vassalo, acrescentando que o A.320-200 dispõe de 181 lugares, dos quais 26 são em Business.
- Claro que em Istambul, o nosso principal “hub” há ligações directas para todos os destinos dentro da Turquia, nomeadamente os mais conhecidos turisticamente e outros.

O nosso entrevistado relembra ainda que a companhia voa para vários destinos no Médio Oriente como, por exemplo e entre outros, os aeroportos de Tel Aviv, Teerão, Cairo, Aman e Dubai.

- Existem ainda, também à partida de Istambul, as rotas do Extremo Oriente, nomeadamente para Banguecoque, Singapura, Hong Kong e Beijing.

Recorde-se que a Turkish Airlines adquiriu recentemente 56 novas aeronaves aos construtores Boeing e Airbus, as quais serão entregues até final de 2007.

- Embora tendo ligações directas e imediatas aos voos para Lisboa à partida de Istambul, ou vice-versa, a Turkish permite fazer “stop-over” em Istambul, sem qualquer aumento de preço na tarifa, salienta José Vassalo, relembrando que as tarifas estão publicadas nos sistemas de reservas Galileo e Amadeus. Além disso, o nosso aliciante é oferecer aos agentes de viagens, em termos de comissão, uma percentagem muito atractiva.

Neste momento, (ainda) a companhia aérea turca não está aplicar nenhuma sobretaxa de combustível. Todavia, isso irá depender, num futuro próximo, da evolução do preço mundial do barril de petróleo. Recorde-se que já ontem foram anunciados novos aumentos nas taxas de combustível, quer por parte de algumas companhias aéreas, quer por operadores turísticos.
Um outro serviço não menos interessante é o de bordo. - Trata-se de um serviço completo para ambas as classes. Assim, em Económica são sempre oferecidas duas opções de pratos quentes. E três na Business. Isto, para além do que é tradicional em qualquer refeição que se preze – pão, manteiga, queijo, doce e/ou fruta, entrada, etc. – e, ainda, não menos importante, o facto das bebidas serem grátis. A Turkish Airlines também fornece, com pedido antecipado, refeições especiais. Embora os voos Istambul-Lisboa-Istambul só se tenham iniciado no passado dia 7 de Junho, o director da companhia em Portugal afirma que, até ao início de Setembro, já voaram na companhia cerca de 7.000 passageiros em ambos os sentidos, sendo que a percentagem à saída de Lisboa é ligeiramente superior aos embarcados em Istambul.

- Até final do corrente ano, o nosso objectivo é ter uma ocupação na ordem dos 15.000 passageiros em ambos os sentidos , comenta José Vassalo afirmando que a decisão de só agora abrirem um escritório em Lisboa é a resposta positiva ao incremento que se verifica no aumento das viagens, sejam de negócio ou de lazer, entre Portugal e a Turquia .

Um outro factor com bastante peso, que se tem vindo também a verificar nos últimos anos, é o desejo efectivo da aproximação da Turquia aos países membros da União Europeia.

A título de mera curiosidade, refira-se que o voo Lisboa-Istambul é considerado como um possível “risco comercial”, já que é o maior, em distância percorrida, à partida de Istambul para a Europa. Mas, parece que isso não irá acontecer por muito mais tempo, já que a companhia pensa voar para destinos europeus mais distantes.

A actual frota da Turkish Airlines é composta por sete A.340; cinco a.310; 17 B.737-400; 26 B.737-800; 12 A.320; seis A.321; e seis RJ 100. Um total de 79 aeronaves.

Como já foi referido Istambul é o principal “hub” da companhia, sendo Ankara o segundo.
A companhia turca é assistida no Aeroporto de Lisboa pela Groungforce e o catering é da responsabilidade da Cateringpor, sendo o agente de carga a GSA.

A terminar, José Vassalo faz questão de afirmar que a Turkish Airlines não se vai limitar apenas a fazer uma operação de Verão.

- Viemos para ficar. Por isso mesmo, vamos ser uma companhia aérea regular, de pleno direito, a operar todo o ano! . Uma promessa que irá, segundo o nosso entrevistado, ser cumprida.
Luís de Magalhães

Fonte: opcaoturismo.com