sexta-feira, 15 de dezembro de 2006

Entrada da Turkish na Star Alliance tem “importância estratégica” disse o CEO da TAP

Durante um almoço com a imprensa ontem realizado, o CEO da TAP afirmou que a entrada da Turkish Airlines na Star Alliance “tem uma importância estratégica grande, tanto para a aliança como para a TAP”.

A Turquia “é um mercado muito forte” e uma “importante porta de entrada para o Oriente”, disse ainda Fernando Pinto acrescentando que a Turkish Airlines, com a qual a TAP tem mantém um acordo de code-share, “é uma empresa muito grande, sólida, com o dobro dos proveitos da TAP”.

Referiu igualmente que através do hub da TAP em Lisboa são muitos os passageiros da Turkish que voam para o Brasil e para África. No primeiro caso referiu mesmo a importância do mercado étnico “há uma grande colónia de turcos no Brasil”. Com a entrada da Turkish na Star Alliance todo este processo ficará facilitado, dada a uniformidade de sistemas de reservas e vendas globais. “mais uma vez a Star Alliance trará benefícios à TAP”, afirmou a propósito.

Fonte: turisver.com

quinta-feira, 14 de dezembro de 2006

Star Alliance dá o sim à adesão da Turkish Airlines

A Star Alliance acaba de votar a adesão da Turkish Airlines, dando assim início ao processo de integração, que a tornará futuramente no 21.º membro da aliança.

Com uma frota de 101 aviões e uma rede que cobre vários destinos nos Estados Unidos, Europa, Ásia e África, a Turkish Airlines vai permitir à Star Alliance oferecer aos seus passageiros mais de 17.500 voos diários, servindo 927 aeroportos, em 162 países.

A base da Turkish Airlines, em Istambul será no futuro o principal hub da Star Alliance no cruzamento entre a Europa e a Ásia, agindo como porta de entrada para outros destinos na Turquia e novas conexões com a Ásia Central.

O CEO da Star Alliance, Jaan Albrecht, afirmou que “com a Turkish Airlines poderemos oferecer aos nosso clientes uma maior oferta de voos e ao mesmo tempo expandir a nossa rede a áreas outrora inacessíveis”.

Para a companhia turca, a ingressão na Star Alliance permitir-lhe-á expandir a sua rede de cobertura, obter os benefícios do passageiro frequente e outros tipos de serviços da Star Alliance.

Fonte: turisver.com


sábado, 21 de outubro de 2006

Turkish Airlines quer dobrar vendas entre Lisboa e Istambul

O director da Turskish Airlines em Lisboa aposta no Turismo religioso para aumentar o tráfego entre Lisboa e Istambul.

Segundo o director da Turskish Airlines para Portugal, Metin Kalyoncu, em funções desde Maio e instalado em Lisboa há dois meses, o transporte de grupos religiosos portugueses para Istanbul é uma das apostas da companhia para aumentar o tráfego nos voos entre as duas cidades. A rota teve no último Inverno uma ocupação de cerca de 40 por cento, passando a 80 por cento no Verão, sendo que a grande maioria dos passageiros, 80 por cento, são portugueses.

Com vendas de cerca de um milhão de dólares em Portugal no ano passado, Kalyoncu prevê dobrar esse número este ano, e no prazo de dois anos tem como objectivo adicionar novas rotas à oferta em Portugal.

Recorde-se que a Turkish tem também desde Maio um acordo de code-share e cooperação comercial com a TAP nesta rota, efectuada três vezes por semana, e segundo o qual os passageiros TAP em voos para o Médio Oriente, Ásia Central e extremo Oriente escalam em Istambul, enquanto os passageiros da Turskish para Brasil e África escalam em Lisboa.

Fonte: turisver.com


quinta-feira, 1 de junho de 2006

TAP e Turkish Airlines assinaram acordo comercial e de code-share

A TAP Portugal assinou ontem um acordo de cooperação comercial e de code-share com a companhia aérea Turkish Airlines, que entrará em vigor a partir do próximo dia 1 de Julho.
Sem adiantar qual o volume de passageiros que espera transportar com este novo code-share, o CEO da TAP, Fernando Pinto, mostrou-se satisfeito com esta assinatura mencionando que “quando começamos este tipo de operações, esperamos desenvolver melhores expectativas de mercado, mas só o tempo o dirá”.

Os voos serão efectuados entre Lisboa-Istambul, três vezes por semana, pela companhia turca, mas poderão vir a ser efectuados também pela TAP num futuro próximo, como admitiu Fernando Pinto. Por agora, a TAP passa a ter participação nas vendas destes voos.

Também o vice-presidente da Turkish Airlines, Hamdi Topçu, se mostrou satisfeito com esta “sinergia”, acrescentando que esta cooperação vai ainda ajudar os dois países a “concretizarem mais negócios entre eles”.

“Intensificar a nossa relação com a TAP Portugal através deste code-share significa mais um passo nos esforços que temos feito com vista ao desenvolvimento de cooperações proveitosas com as companhias aéreas líderes de mercado em todo o mundo, com as quais mantemos acordos semelhantes ao estabelecido com a TAP”, explicou ainda o responsável, que acredita que a ligação entre os dois países – um mais a ocidente, outro a oriente – trará benefícios a ambos.

Para Fernando Pinto, este acordo dará aos passageiros da TAP a possibilidade de acederem mais facilmente a vários pontos “na Europa Oriental, Médio-Oriente e Ásia através do moderno hub de Istambul”.

Fonte: turisver.com

quarta-feira, 15 de março de 2006

Turkish Airlines com novas tarifas

A companhia de bandeira turca tem novas tarifas a partir de Lisboa para os destinos do Médio e Extremo Oriente.

As novas tarifas, apresentadas na Caravana dos Líderes e válidas a partir de 1 de Abril, dizem respeito a 21 destinos, alguns deles novidade na oferta da companhia. É o caso de Dubai e Abu Dhabi, no Bahrain, que a partir de Lisboa, via Istambul, tem preços a partir de 575 euros. No Médio Oriente há ainda novas tarifas para Telavive (430 euros), Cairo (395), e Ammam, por 550 euros.
Na Índia, Bombaim, outro novo destino, tem um custo de 599 euros, assim como Dehli. Por 625 euros pode-se ir até Bangkok, Singapura, Hong Kong, Pequim ou Shangai, e por 675 até Tóquio ou Osaka.

Finalmente, Austrália, com tarifas “one-way” (685 euros), e de ida e volta (930), para Sydney, Melbourne, Darwin, Brisbane, e Cairns.

Fonte: turisver.com