sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Turkish começa a vender bilhetes em fevereiro

Agora é oficial. O executivo Atagun Kutluyuksel é o diretor Brasil da Turkish Airlines. Kutluyuksel está no País, em sua segunda visita, e já comemora a primeira conquista da viagem. “Ontem recebemos a primeira autorização da Anac, que nos formaliza como companhia aérea apta a abrir escritório no Brasil e contratar funcionários”, explicou o diretor. “A Anac foi muito eficiente e cumpriu cada um dos itens acordados na primeira visita”, completou. Ainda faltam outras autorizações relacionadas à operação, mas não houve alteração nos prazos. “Vamos abrir o escritório em fevereiro e começar a voar em 29 de março”, disse. "As vendas de bilhetes começam em fevereiro", confirmou.

Na primeira fase da operação, a companhia terá dois vôos semanais na rota Istambul-Dakar-São Paulo. Estão em andamento negociações com a Infraero em relação aos slots no aeroporto de Guarulhos. O diretor acredita que vão conseguir fechar o plano de chegar em São Paulo às 19h30 e partir às 23h30. “Estes horários permitirão conexões muito interessantes para os passageiros que partem do Brasil rumo a qualquer outro país da Europa”, explicou.

Na primeira etapa da companhia no Brasil, a Turkish terá entre 20 e 30 funcionários, incluindo vendas, marketing e aeroporto. Foram enviados cerca de 150 currículos e as entrevistas começam nesta semana. “Não viemos para o Brasil apenas para ser mais uma empresa internacional. Viemos para ficar, queremos operar e aprimorar o relacionamento entre Brasil e Turquia”, definiu. O diretor afirmou ainda que a companhia quer chegar ao mercado com preços bastante competitivos e que os agentes de viagens serão os grandes parceiros comerciais. “Nós apreciamos o trabalho dos agentes e operadores, eles nos trazem divisas e são muito bem vindos”, disse Kutluyuksel.

O equipamento que será utilizado na operação entre o Brasil e a Turquia será o Airbus A-340-300, com 280 assentos em duas classes. Em novembro, a companhia quer atingir quatro freqüências semanais e implantar o equipamento Boeing 777. “Acabamos de comprar três novos B777, que devem chegar ainda este ano e que vamos colocar inicialmente nas rotas para a Ásia”, disse o diretor Brasil, completando que a Turkish tem hoje uma frota de 120 aviões e quer chegar em 2023 com 250 aeronaves. Mais informações no www.thy.com.

Fonte: Panrotas

domingo, 7 de dezembro de 2008

Turkish solicita autorização formal para operar no Brasil

A companhia turca Turkish Airlines solicitou formalmente à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorização de funcionamento jurídico no Brasil para exploração de serviço de transporte aéreo internacional regular de passageiro, carga e mala postal. A intenção da companhia é começar as operações no País em março de 2009, inicialmente duas vezes por semana (quartas e domingos) na rota Istambul-Dakar-São Paulo.

Fonte: Panrotas