quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Turquia terá escritório de turismo no Brasil

O diretor da Turkish Airlines no Brasil, Atagün Kutluyüksel, disse hoje, em visita à sede da PANROTAS em São Paulo, que a Embaixada da Turquia confirmou que o Ministério do Turismo do país terá um escritório no Brasil, provavelmente ainda este ano.

Isso por causa do sucesso do voo da Turkish e pelo potencial do mercado brasileiro. "Viemos para ficar no Brasil e termos esse apoio do Ministério do Turismo será ótimo", disse Atagün. Hoje a Turkish tem três voos semanais para o Brasil, mas terá quatro já em dezebro e espera chegar à ligação diária em dois anos.

A Turkish já divulga a diversidade de atrativos e cenários da Turquia por conta própria, em diversos materiais, alguns dos quais em português. "Temos história, cultura, praia, noite animada como a brasileira, spas, ecoturismo, compras...enfim, uma diversidade que vai agradar bastante o brasileiro", afirma o diretor da companhia aérea, que faz parte da Star Alliance, ao lado da Tam.

"Temos preços a partir de 15 cidades brasileiras, pagando comissão aos agentes sobre o valor total e não apenas o internacional", lembra ele, que está com ocupação de 82% a 85% nos voos do Brasil.

Mais informações www.flyturkish.com.br.

Fonte: Panrotas

domingo, 15 de agosto de 2010

Turkish contrata ex-Lufthansa e aumenta equipe

O diretor geral da Turkish Airlines no Brasil, Atagün Kutluyüksel, já está preparando a equipe para o aumento de voos e a chegada do 777 em dezembro deste ano. Karin Lima, ex-Lufthansa, é a mais nova contratada. Ela terá foco no mercado corporativo, mas atenderá a todos os nichos de clientes da companhia aérea.

Hoje a Turkish conta com 14 funcionários no Brasil, com sede em São Paulo. Tem um GSA em Buenos Aires e em breve nomeará um em Santiago (Chile). O e-mail de Karin, que começa na segunda-feira, é e-mail é sales2@flyturkish.com.br.

Fonte: http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/aviacao/turkish-contrata-ex-lufthansa-e-aumenta-equipe_60502.html?pesquisa=1

Turkish se prepara para quarto voo e 777 em dezembro

Com ocupação de 82% a 85% de seus três voos semanais entre o Brasil e a Turquia (agora sem escalas), a Turkish Airways está pronta para a quarta ligação semanal, a partir de 26 de dezembro e com uma novidade: o Boeing 777 no lugar do atual A340. Segundo Atagün Kutluyüksel, diretor Brasil da Turkish, essas mudanças significarão 50% de aumento de capacidade.

"O Boeing 777 virá direto da fábrica para o Brasil e terá três classes: 28 na executiva, que tem padrão de primeira classe, 246 na econômica e 63 em uma nova classe a Comfort, intermediária entre as duas outras, com espaço para pernas e tela de TV maiores que na econômica", explica o diretor. Na executiva, o 777 também trará as poltronas com reclinação total, 180 graus. "Nosso serviço de executiva é bastante elogiado pelos passageiros, que o comparam à primeira classe", garante ele.

Hoje 65% das vendas da Turkish na rota São Paulo-Istambul são feitas no Brasil, mixando turistas (incluindo religiosos), turismo étnico (especialmente libaneses) e negócios. Desses turistas 30% seguem além Istambul e 70% ou ficam na Turquia como destino final ou passeam por lá antes de seguir viagem.

Fonte: http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/aviacao/turkish-se-prepara-para-quarto-voo-e-777-em-dezembro_60503.html?pesquisa=1



domingo, 8 de agosto de 2010

Turkish cria nova classe; São Paulo-Istambul ganha 4° voo


A Turkish Airlines criou uma nova categoria: a Comfort Class, cujo posicionamento ficará entre as classes econômica e executiva. O objetivo, inclusive, é unir o conforto da classe executiva com a tarifa atrativa da econômica.

Para tanto, a nova categoria oferecerá assentos com 116 cm de distância um do outro, além de 49 cm de largura e monitores individuais de 10,6 polegadas.

A partir de 26 de dezembro, a frequência São Paulo (GRU)-Istambul passará a operar com a nova classe. Antes disso, em 21 do mesmo mês, o número de voos semanais da rota aumentará de três para quatro – às terças, quartas, sextas e aos domingos.

A aeronave utilizada na operação será o Boeing 777, configurado para 28 assentos na classe executiva, 63 na Comfort Class e 246 na econômica, somando 337 lugares.

Fonte: Panrotas